domingo, 14 de dezembro de 2008


Que o espírito de Natal desperte em todos nós a emoção de viver para o outro.
Não nos permitamos que o Natal seja apenas a ilusão de uma noite.
Espallhe durante toda a sua vida a luz da solidariedade.
Desejaria que todas pessoas tivessem um natal cheinho de bençãos, mesa farta, e muito amor, mas sei que a realidade não será assim em muitos lugares desta planeta.
Então desejo apenas que a gente possa estar ao lado das pessoas que amamos e que podem estar ao nosso lado, e que esse momento mágico possa enternecer nossos corações e que 2009 seja um ano muito mais de empatia do que simpatizantes.

FELIZ NATAL

Bugrinha

Um comentário:

Eduarda disse...

Olá!!!! =D
Adorei seus e-books. Passei quase duas horas na internet até achar seu blog.
Tenho que dizer que sua coleção é fantástica.
Sou uma leitora mais do que grata.

Poemas da Bugra Loba

Bastava um olhar maroto Um toque sutil um sorriso matreiro um sopro leve ao ouvido uma voz entre linhas E cairia para sempre o medo de ser ridícula.

Oca

Oca

Oca da Bugrinha

Oca da Bugrinha